Santas Missões Populares Vicentinas - Januária MG 2015




Aconteceram de 11 a 25 de janeiro de 2015 as Santas Missões Populares Vicentinas na paróquia da Sagrada Família, que completa 50 anos de fundação no corrente; a paróquia pertence à Diocese de Januária e se localiza na cidade de mesmo nome, no norte de Minas Gerais.

Os missionários de fora pertencem a Família Vicentina - FV do regional Belo Horizonte que comporta pessoas provindas de diferentes cidades e estados do País, somado a um padre da arquidiocese belorizontina, amigo da FV, Pe. José Antônio. Estas missões tiveram como coordenador, no período de formação dos missionários em BH, o Pe. Vinicius Teixeira.CM, na execução, a Ir. Heloísa.FC os padres Juarez Carlos.CM e Aguinaldo Aparecido.CM, que organizaram 13 equipes e as distribuíram pelas 31 comunidades e sede da referida Paróquia.  

A Coordenadora Zózima, o Pe. Pedro.CM, a Ir. Rizomar.FC, as leigas Lázara e Dorisnei e eu – Cleber, fomos lotados na equipe 02, ficamos responsáveis de missionar nas comunidades de Santo Antônio e São Vicente de Paulo, localizadas em bairros periféricos da cidade de Januária que comportam, aproximadamente, sete mil famílias.


Ali fomos muito bem acolhidos pelos comunitários, mais diretamente pela família da Dona Idê Figueredo, seus filhos nos levaram até a residência da Dona Hilda Castilho, que estava viajando e permitiu que nos hospedássemos em sua casa, onde pudemos desfrutar de um singular conforto, alimentação e transporte; o fato facilitou o entrosamento da equipe, fazendo render o trabalho.


A parte das reuniões de planejamento e de avaliação, as atividades estiveram entre a presença em alguns grupos e pastorais em funcionamento na Comunidade; visitas domiciliares iniciadas por uma oração comum, de onde de dois em dois - um missionário de fora e outro local, acorríamos às residências, preferencialmente, as não visitadas nas últimas missões populares ocorridas e a idosos e enfermos, pela manhã e pela tarde; encontros com crianças, jovens e famílias; atos de piedade como procissões matutinas e vespertinas com terços luminosos e vias-sacras; as celebrações Eucarísticas, presididas pelo Pe. Pedro, exceto duas que tiveram como presidentes os padres Juarez e Laurindo nas comunidades de Santo Antônio e São Vicente, respectivamente, etc.


Transcorridas as duas semanas de atividades, os missionários se reuniram na Matriz Sagrada Família, de onde tinham sido enviados há 15 dias, em torno de Cristo, também presente na pessoa do presidente da celebração Dom José Moreira, bispo da Diocese de Januária, que com muita satisfação, espontaneidade e graça conduziu a missa de encerramento daquelas santas missões e agradeceu a Deus e aos presentes pela colaboração e trabalho. 


As atividades foram realizadas com simplicidade, mas com muita abertura e carinho; de forma que a realização das Santas Missões Populares Vicentinas em Januária foram um tempo forte de avivamento da fé do povo, momento de encantamento à ação da Igreja que sai ao encontro do povo de Deus, e chamamento a transformação e fortalecimento das bases a fim de fazer uma Igreja inclusiva, ativa e viva.
 

Comentários

Postar um comentário