Missões de Semana Santa em Inácio Martins – PR


Antes de viver a maior festa do cristianismo a Igreja Católica se prepara por 40 dias - Quaresma e celebra liturgias especiais durante uma semana – Semana Santa. Normalmente é nessa semana que alguns fieis mais comprometidos com a Igreja de Cristo saem em missão junto ao Povo de Deus para anunciar a alegria de viver com Jesus. 

Nesse ano, tocou-me ir com o Alexandro Valadares, também seminarista, a Inácio Martins – PR, mas especificamente, à comunidade de Vila Nova, onde na capela de São Cristóvão, partilhamos com os comunitários uma experiência rica, de serviço a Cristo por meio da Igreja e dos mais necessitados. Também estiveram no território da paróquia N. Sra. Aparecida dois outros seminaristas vicentinos, uma freira espanhola e cinco jovens leigos de São Paulo.

Foram dias marcantes e cheios de aprendizados. Onde se pode celebrar a Ceia do Senhor, na quinta; a Adoração da Santa Cruz, na sexta; visitas domiciliares a enfermos e a idosos, benção das crianças da catequese, benção dos alimentos, encontro de cunho vocacional com a juventude, Vigília Pascal, no sábado e Celebração da Páscoa do Senhor, no domingo.

Os populares foram muito acolhedores e cuidadosos conosco missionários, sempre dedicando tempo, espaço para acomodação, alimentação típica, transporte, etc.; de forma que agradecemos a todos que colaboraram direto ou indiretamente para que a missão acontecesse. 

Além de nos conduzir por Inácio Martins, na quarta-feira os padres Pedrinho e Marcos, CM nos convidaram a Prudentopoles - PR, onde pudemos partilhar de um almoço com outros missionários, ordenados e/ou em formação, bem como visitamos o santuário da Medalha Milagrosa da cidade. Foi um momento de fraternidade que serviu para fortalecer o desejo de continuar a missão de semana santa começada há cinco dias. 

Ao retornarmos à Curitiba, enquanto esperávamos o ônibus seguinte, visitamos, em Irati - PR, a colina de N. Sra. das Graças, que sustenta uma imagem da Santa com 22 metros de altura – a maior imagem de N. Sra. das Graças no mundo, bem como visitamos a Matriz de N. Sra. da Luz e o Colégio São Vicente de Paulo - que antes foi da Província da CM Rio, logo da CM Curitiba, hoje pertence a um grupo educacional local, que o aluga para o Estado. O colégio segue ativa e leva o mesmo nome. 

É bom saber que naquelas cidades vivem ou viveram vários padres e membros da Família Vicentina que fizeram o bem e colaboraram para o desenvolvimento das mesmas, de forma que concluo agradecendo a Deus, a eles e a todos por ajudarem a escrevermos a história daquele pedacinho do Brasil. 

Comentários