Rasgos Culturais de Madri Espanha





A cada dia em Madri me encontro com uma novidade.



Fazendo uma analogia com a nossa cultura brasileira, existe muitas diferenças.



No Dia das Bruxas aqui as pessoas se fantasiam (dizem que esse ano - 2009 - as coisas foram mais exageradas) eu estranhei. Também fazem festa de halloween.



Por exemplo, no Natal, os espanhóis não São adeptos do papai noel, quem traz os presentes de natal são os Reis Magos, não no dia 25 de dezembro, mas em 06 de janeiro.Existe toda uma mística sobre os reis magos por aqui, no dia 05 de janeiro eles fazem um desfile Ainda nesse período aparecem várias barraquinhas por toda a cidade onde vendem de um tudo. As pessoas compras fantasias das mais diversas e usam, as mais solicitadas são perucas. A noite de natal eles chamam Noite Boa, todos estam em famílias, jantam juntos dam audiência a TV para uma mensagem do Rei da Espanha, uma comida tipica da Espanha é o Tujon, uma espécie de rapadura com cocata de amenduim, etc...



No Revellion (que aqui, eles chamam de "Noite Velha"), por não ter praia (e mesmo nos lugares que tem praia aqui as pessoas fazem outro programa porque faz muito frio) as pessoas vao para as discotecas (que seria as "reive" no Brasil)ou simplesmente se reunem numa praça no centro da Cidade de Madri, chama "Sol" onde esperam que um relógio toque as doze ultimas campanhadas do dia 31/12, e durante cada toque comem uma uva, segundo a tradiçao dar sorte.



O Dia dos Namorados aqui é comemorado no dia de San Valentin – 14/02. O nosso em 12 de junho, claro...



O Carnaval aqui, é mais uma coisa para crianças, que para adultos. As músicas são muito diferentes, não tem escolas de samba, trio elétrico, nem mela-mela. Claro, algumas fantasias (poucas, muitos poucas) algumas máscaras, e só.



Bom, já me vou, logo tenho mais noticias do calendário cultural dessa cidade. Dizem que a semana santa aqui é show, com uma espiritualidade muito expressiva, vamos ver!

Comentários

  1. Meu amigo, quanta riqueza. Continua nos mantendo informados dessa cultura espanhola tão interessante.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário